21 de julho de 2013

Em tempos como esses a gente aprende quem merece sua atenção. Dias corridos e tediosos. O aconchego pega a gente de jeito. Mas acontece que não importa se a gente não se vê todos os dias. Não importa se a gente não conversa todos os dias, ou que não conversamos mais como conversávamos uma vez. É normal. Mas a gente sabe onde se encontrar, a gente sabe onde temos apoio, a gente sabe para onde voltar.
Vamos pensar que, bem no fundo, apesar de todo desapego, a gente não vai se desapegar completamente. Substituímos umas as outras. Mas, enfim. Eu não sei explicar o que me faz escrever isso. É meio confuso, na verdade. Não sei bem o sentido disso tudo. Se estou reclamando ou agradecendo.
É só que eu queria vocês aqui. Sabem? Só aqui, por um tempinho eterno.

2 comentários:

  1. Preciso soltar uma gargalhada daquelas que soltamos nas aulas, mas não tem graça sozinha =(
    P.S. Estou com saudades!

    ResponderExcluir
  2. Preciso de vocês!
    Urgentemente! s2

    ResponderExcluir